Memorial JK

Há quem diga que este seja o museu mais emocionante de Brasília. Aqui, todas as salas transmitem um pouco da história de um dos mais importantes presidentes brasileiros: Juscelino Kubitschek, ou simplesmente JK. Então, para entender melhor o legado deste brasileiro e também o processo de construção dessa cidade, faça uma visita ao Memorial JK.

Esse mineiro, que desde cedo prometia ter um futuro glorioso, deixou a pequena Diamantina, em Minas Gerais, para conquistar fama na política nacional e teve como principal obra a construção da Capital Federal, inaugurada em 1960. Dezesseis anos mais tarde, o presidente morreria em um acidente de carro na Rodovia Presidente Dutra, quando viajava de São Paulo para o Rio de Janeiro. Na tragédia, seu carro bateu de frente com uma carreta depois de ter sido fechado por um ônibus.

Engajada na luta pela preservação da memória de seu marido, a primeira dama Sarah Kubitschek inicia uma campanha para a construção de um museu que pudesse reunir todas as informações e objetos de sua história.